Reflexões sobre a obrigatoriedade da música nas escolas públicas

Sílvia Sobreira

Resumo


A fim de contribuir com o atual debate sobre a Lei 11.769/08, que trata da obrigatoriedadeda música, este ensaio apresenta algumas questões iniciais para serem discutidas. A primeira delasdiz respeito ao pequeno número de registros sobre a temática na Revista da Abem e anais dosencontros anuais, não refletindo a situação de intensos debates. O artigo discute outros pontos,como a participação de todos os envolvidos no ensino de música nas escolas e os problemasrelativos à pluralidade de concepções sobre o ensino de música. As diferentes concepções acabampor comprometer a inserção da música nas escolas, uma vez que cada concepção corresponde ametodologias e formação docentes específicas. Várias são as dificuldades para a implementaçãodo ensino de música nas escolas da rede oficial, entre elas a falta de docentes para trabalhar naárea, além do tipo de formação necessária. Os autores aqui abordados são unívocos quanto à idéiade parcerias entre as instituições formadoras e as escolas como meio de minimização dos problemas.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.