Música na Educação Profissional e Tecnológica: diferentes possibilidades formativas

Maira Ana Kandler

Resumo


Esta pesquisa trata da Educação Profissional e Tecnológica e teve como objetivo compreender como as formas de inserir a música no Instituto Federal de Santa Catarina campus Florianópolis (IFSC-Florianópolis) se relacionam com a proposta de educação profissional e tecnológica dessa instituição. A base teórica foi construída a partir de três eixos: princípios da Educação Profissional e Tecnológica, música como trabalho, música como prática. Adotando uma abordagem qualitativa, a pesquisa constituiu-se como um estudo de caso. Os dados foram coletados por meio de análise documental, entrevistas semiestruturadas e observações. A análise indicou que a música é inserida no IFSC-Florianópolis por meio de práticas educativo-musicais que buscam contribuir para a formação integral, a formação musical inicial e a iniciação profissional dos praticantes na área de música. A música, portanto, tem muitos potenciais formativos e pode ser inserida de diferentes formas no contexto de EPT. O que vai determinar a forma dessa inserção são as intenções e concepções dos sujeitos com ela envolvidos.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.