O choro, a apreciação musical ativa e o desenvolvimento cognitivo e musical nos anos iniciais do ensino fundamental

Camile Tatiane De Oliveira Pinto, Ana Paula Peters

Resumo


Este artigo apresenta uma pesquisa que teve como objetivo discutir e analisar a utilização do repertório instrumental brasileiro do choro nas aulas de música dos anos iniciais do ensino fundamental. Este gênero, predominantemente instrumental, pode oferecer diferentes oportunidades de desenvolvimento musical e cognitivo no contexto do ensino básico. Considerando os seus modos de transmissão e contexto, discutimos a apreciação musical ativa como forma de viabilizar o engajamento dos alunos com o repertório instrumental proposto. A ativação da escuta utilizando o corpo, a voz, o movimento e os instrumentos possibilitaram a preservação da natureza experiencial do choro e, com isso, a valorização de seu conteúdo sonoro e expressivo.  A análise quantitativa e qualitativa dos dados coletados trouxe dados importantes sobre o potencial da apreciação musical ativa do choro para o ensino e aprendizagem musical no ensino básico. Com isso, busca-se valorizar a compreensão simbólica da música e acrescentar elementos e dados para que a música instrumental brasileira integre currículos e práticas escolares.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.